Clique e assine a partir de 8,90/mês

Gasto com TI no Brasil deve chegar a US$ 135 bi em 2013

País tem segundo maior mercado entre emergentes, diz consultoria Gartner

Por James Della Valle - 29 out 2012, 11h39

Em 2013, os gastos com tecnologia da informação (TI) no Brasil devem chegar a 135 bilhões de dólares, de acordo com levantamento divulgado nesta segunda-feira pela Garnter, companhia especializada em pesquisa e consultoria de mercados. Dessa forma, o setor pode assistir a um avanço de quase 7%, considerada a estimativa para 2012: 126,3 bilhões . As informações foram apresentadas nesta segunda-feira, durante o Gartner Simposium 2012, que acontece nesta semana em São Paulo.

A companhia aponta também que os segmentos relativos a gastos com tablets, computadores, telefonia celular e impressão de documentos devem aquecer os investimentos no setor de tecnologia pessoal, somando despesas da ordem de 24 bilhões de dólares, alta de 7% em relação à previsão para este ano. Já o setor de telecomunicações será responsável por movimentar 85,7 bilhões de dólares, possível aumento de 5,2%.

“Acreditamos que o Brasil será um dos principais focos do mercado global de TI em 2013, permitindo que as empresas acelerem sua competitividade”, afirmou Peter Sondengaard, vice-presidente sênior da Gartner. “Ele já é o segundo maior mercado de tecnologia entre os países emergentes.”

O executivo apontou ainda que, até 2015, cerca de 4,5 milhões de empregos serão criados no mundo, incluindo no Brasil, só para dar suporte aos projetos baseados na análise do fluxo de dados, algo que o mercado passou a chamar de Big Data. “Acreditamos que isso vai inserir uma camada de negócios baseada em informação na economia global, o que vai oferecer uma oportunidade maior de lucro e oportunidades dentro do mercado de tecnologia”, disse.

Continua após a publicidade
Publicidade