Clique e assine a partir de 8,90/mês

Games: príncipe William quer, mas Kate não deixa

Duque de Cambridge diz que PS4, da Sony, é "viciante", mas que a mulher não ficaria feliz em compartilhar o marido com o videogame

Por Da Redação - 19 nov 2013, 17h24

O príncipe William afirmou durante uma visita à Academia Britânica de Artes Cinematográficas e de Televisão (Bafta, em inglês) que não comprará o PlayStation 4, novo console da Sony, para não desapontar Kate Middleton. O Duque de Cambridge teve acesso à nova plataforma durante o encontro, que tem como objetivo orientar novos jovens talentos na indústria do entretenimento. Na Grã-Bretanha, o PS4 será lançado no dia 29 por 350 libras. No Brasil, o videogame chega às lojas no mesmo dia por 4 000 reais.

Leia também:

Sony vende 1 milhão de PS4 em 24 horas

Playstation 4: mais barato ir aos EUA do que comprar aqui

“É muito viciante”, disse o Príncipe William, de 31 anos, sobre o novo console. “Gostaria de comprar um, mas não sei se minha mulher gostaria da ideia”, brincou o herdeiro do trono britânico. O PlayStation 4, lançado nos Estados Unidos no dia 15, vendeu 1 milhão de unidades em apenas 24 horas. O seu antecessor, o PlayStation 3, levou um mês para vender 197 000 dispositivos.

O duque de Cambridge testou três jogos independentes desenvolvidos pelos vencedores da competição Bafta Young Game Designers. “A indústria de games na Grã-Bretanha é uma das maiores do mundo”, disse o membro da família real. “Nossos desenvolvedores são mais importantes do que nunca. Espero que os jovens possam se inspirar durante esse workshop e possam ter uma ideia do que é seguir carreira no mercado de games”, afirmou.

Continua após a publicidade
Publicidade