Clique e assine a partir de 9,90/mês

Facebook se mantém dentro das expectativas de Wall Street

Rede social realizou sua primeira apresentação de resultados financeiros nesta quinta-feira

Por Da Redação - 26 jul 2012, 17h30

Durante sua primeira apresentação de resultados nesta quinta-feira, o Facebook se manteve dentro das expectativas de Wall Street ao anunciar uma receita de 1,18 bilhão de dólares no segundo trimestre de 2012 – um aumento de 32% em comparação aos 895 milhões de dólares arrecadados no mesmo período do ano anterior. Durante a semana, analistas de mercado haviam afirmado que a companhia precisaria alcançar o valor mínimo de 1,147 bilhão de dólares para agradar seus investidores.

Leia também

Facebook e HTC trabalham em projeto de smartphone

Facebook vai desaparecer até 2020, diz analista

Continua após a publicidade

“Nosso objetivo é ajudar todas as pessoas a se manterem conectadas, e transformar todos os produtos que elas utilizam em uma ótima experiência social”, afirmou Mark Zuckerberg, CEO da do Facebook. “É por isso que estamos mantendo o foco dos nossos investimentos nas áreas de mobilidade, plataformas e anúncios sociais. Queremos que as pessoas a compartilhem suas experiências com amigos”, disse.

Em maio deste ano, a companhia fundada em 2004 pelos colegas de dormitório Mark Zuckerberg, Eduardo Saverin, Dustin Moskovitz e Chris Hughes, todos estudantes da Universidade de Harvard, entrou para o mercado financeiro com a maior oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) no setor de tecnologia.

Ao todo, foram oferecidas 421 milhões de ações, cujo valor individual foi fixado em 38 dólares. No total, a companhia arrecadou 16 bilhões de dólares, o que elevou o valor do Facebook para 104 bilhões de dólares. Agora, a companhia luta para se manter no mercado e agradar investidores, que esperam que a rede social rivalize com gigantes do setor como Google e Apple.

Pouco antes do anúncio, as ações da companhia caiam em 8%, mas os papeis apresentaram uma recuperação no after Market, subindo 6% para 26,84 dólares cada.

Publicidade