Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Facebook promove alteração compulsória de páginas

Nova configuração aumenta visibilidade do álbum de fotos e demais dados pessoais dos usuários

Por Da Redação 11 jan 2011, 15h05

Em dezembro, Mark Zuckerberg, presidente-executivo do Facebook, anunciou a disponibilidade de uma nova versão da página de perfil para os usuários de sua rede social. A princípio, a mudança ficaria a cargo do usuário, bastando pressionar um botão para ver os novos recursos e disposição das informações. A decisão de adotar a nova página não está mais nas mãos dos cadastrados na rede. De acordo com Philip Rha, engenheiro de software do Facebook, a partir desta semana, todas as alterações passam a ser obrigatórias.

“No mês de dezembro, disponibilizamos uma opção para que os usuários fizessem a atualização voluntária do perfil. Milhões de pessoas optaram pela mudança. Agora, nós vamos entregar a nova página para todos os cadastrados”, diz. Rha aponta ainda que um tutorial estará disponível aos usuários que quiserem informações antes da alteração.

O novo desenho da página altera a disposição dos dados e amplia a visibilidade do álbum de fotos, que agora aparece logo abaixo da descrição do usuário. Além do nome, a primeira área da página apresenta informações como o status de relacionamento (“solteiro”, “casado” etc.), localização geográfica e escolaridade, por exemplo. Os itens podem ser adicionados – ou retirados – de acordo com as configurações de privacidade.

A atualização do “Feed de notícias” também mudou. Em vez de uma caixa de texto para publicar o seu status, agora o usuário encontra uma lista de links com opções para a inserção de textos, links, fotos e vídeos. As preferências do usuário aparecem como uma galeria de imagens. É possível arrastá-las com o mouse para determinar quais devem aparecer primeiro no perfil. Também é possível destacar relacionamentos importantes com outros usuários e catalogá-los em grupos como “Melhores amigos”, “Amigos do colégio” ou “Colegas de trabalho”.

Continua após a publicidade

Publicidade