Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Facebook pode processar Mark Zuckerberg – o outro

Empreendedor israelense troca seu nome legalmente na tentativa de evitar batalha judicial contra rede social

Um empreendedor israelense trocou seu nome legalmente para Mark Zuckerberg na tentativa de evitar um processo do Facebook. Rotem Guez, como é conhecido o empresário, foi ameaçado pela multinacional, que prometeu dar sequência a uma ação judicial contra a sua empresa, que teria violado os termos de uso do serviço.

“Se eles querem me processar, terão de processar Mark Zuckerberg”, disse Guez, que aposta que o Facebook não entrará na batalha judicial para não chamar a atenção da imprensa autuando alguém com o mesmo nome de seu fundador.

O empreendedor israelense está sendo advertido pela rede social porque criou uma empresa que vende aos anunciantes “Likes” para suas páginas personalizadas. Segundo o empresário, a sua loja de Likes pode aumentar o tráfego dos espaços coorporativos oferecendo aos usuários do Facebook conteúdo gratuito produzido pelos seus clientes.

Guez, por sua vez, está processando o Facebook por deletar o perfil de sua loja na rede, alegando que a companhia não tem o direito de tomar tal providência contra o seu negócio. Zuckerberg II criou uma página on-line onde detalha o caso para os usuários da internet.