Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Facebook paga R$35,3 mil a menino de 10 anos que expôs falha no Instagram

O jovem finlandês Jani, cujo sobrenome não foi divulgado, encontrou uma brecha nos códigos da plataforma que permitia apagar qualquer comentário no aplicativo de compartilhamento de fotos

O Facebook pagou um prêmio de 10 mil dólares (cerca de 35,3 mil reais) a um menino de 10 anos que encontrou uma falha no aplicativo de compartilhamento de fotos Instagram, adquirido pela rede social em 2012 por 1 bilhão de dólares. O garoto finlandês Jani, cujo sobrenome não foi divulgado, encontrou um erro nas linhas de código da plataforma que abria brecha para que se apagasse qualquer comentário de usuários do serviço. De acordo com o jornal americano Washington Post, Jani relatou o problema ao Facebook, e os desenvolvedores da rede social fizeram um teste com ele: desafiou o programador prodígio a acessar o Instagram e apagar um comentário qualquer – e o menino conseguiu.

LEIA TAMBÉM:

Mark Zuckerberg se casa e compartilha foto no Facebook

Mark Zuckerberg, o criador do Facebook, já é um trintão

Internet? Não, o que Zuckerberg quer é Facebook para todos

Jani é a pessoa mais jovem a receber a recompensa do programa Facebook Bug Bounty, que remunera programadores que expõem erros ou vulnerabilidades das plataformas do Facebook. Ele é tão jovem que ainda não pode se cadastrar na rede social de Mark Zuckerberg, que estipula 13 anos como idade mínima. O menino disse ao jornal finlandês Iltalehti que aprendeu programação assistindo a vídeos no YouTube e que está pensando em trabalhar futuramente com segurança de dados. Mas, por ora, seus planos atuais com o prêmio incluem comprar uma bicicleta nova e uma bola de futebol. O Facebook afirmou que o problema encontrado por Jani foi resolvido em fevereiro e que o prêmio foi pago em março.

(Com Reuters)