Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Facebook lança sistema de comunicação integrado para competir com Google

CEO da companhia acredita que nova plataforma deve melhorar a comunicação entre usuários

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, anunciou nesta segunda-feira uma reformulação no sistema de comunicação de sua rede social. Durante sua apresentação na Califórnia, Estados Unidos, o executivo afirmou que o novo produto, chamado de Messages, será capaz de integrar mensagens vindas de diversas fontes – como e-mails, mensagens instantâneas (MSN) e torpedos SMS – em uma única conversa, que ficará armazenada no histórico do usuário. “Não se trata de um serviço específico de e-mail. É verdade que todos terão direito a uma conta com o nosso nome, mas esse não é o foco do lançamento”, disse.

A especulação era de que a empresa lançaria um sistema de e-mails completo para competir com o Gmail, do Google. Zuckerberg afirmou que esse não é o meio de comunicação do futuro e que sua intenção não é roubar os usuários de outros serviços.

Para Andrew Bosworth, engenheiro responsável pelo projeto, nem todas as pessoas utilizam os mesmos meios de comunicação para manter uma conversa. As novas funcionalidades devem permitir que os cadastrados da rede possam agrupar fragmentos vindos de várias fontes em uma conversa sólida, que pode ser respondida a partir do Facebook. “Se você quer enviar um e-mail e eu quiser recebê-lo dentro da rede, isso vai funcionar. Se você quiser abrir um chat comigo, posso receber como uma mensagem no Facebook. Vai funcionar do mesmo jeito”, afirmou o desenvolvedor ao explicar as funções de integração.

Social Inbox Social Inbox

Social Inbox (/)

Ele apontou que uma das vantagens do sistema integrado será a ausência de SPAM, uma vez que só os contatos autorizados poderão trocar informações com o usuário. Mensagens de pessoas desconhecidas serão filtradas pelo sistema, chamado de Social Inbox (Caixa de Entrada Social). O especialista disse que os endereços @facebook.com atuarão como parte da plataforma, mas que não serão indispensáveis para a utilização dos recursos.

Durante a coletiva de imprensa, Zuckerberg disse que mensagens enviadas por pessoas sem perfil na rede também serão armazenadas em conversas pelo sistema, o que pode – posteriormente – causar novos debates sobre privacidade na web, uma vez que tais internautas nunca optaram por publicar informações dentro do Facebook.

A novidade ainda não está disponível para todos os usuários. A empresa deve emitir uma série de convites para que grupos específicos possam testar os novos recursos. Ao todo, mais de 350 milhões de pessoas utilizam o sistema de mensagens do Facebook, trocando cerca de 4 bilhões de recados por dia.