Clique e assine a partir de 9,90/mês

Facebook lança Rooms, aplicativo que permite anonimato

Serviço permite criar salas para discutir temas e assumir diferentes identidades

Por Da Redação - 24 out 2014, 17h28

O Facebook anunciou nesta sexta-feira o aplicativo Rooms que, ao contrário da rede social mais popular do mundo, permite que os usuários se mantenham anônimos. O serviço se diferencia de concorrentes, como Secret e Whisper, por não atrelar o usuário a uma única identidade, mas aos seus interesses: ele pode assumir diferentes nomes de usuário de acordo com a comunidade em que participa no momento. O app só está disponível nos Estados Unidos e Grã-Bretanha e não há previsão de lançamento no Brasil.

Leia também:

Hackers quebram anonimato de usuários do Secret

Vídeo: As redes sociais do anonimato

Continua após a publicidade

“Uma das coisas mágicas dos primeiros dias da web era se conectar com pessoas com quem você nunca encontraria de outra forma. Havia locais onde o que você dizia importava mais do que quem você é ou quem você conhece”, diz Josh Miller, gerente de produto do Rooms no Facebook. Miller é o fundador da rede social Branch, adquirida pelo Facebook em janeiro.

O aplicativo, que está disponível para iPhone e deve ganhar uma versão para Android no próximo ano, permite que qualquer usuário crie uma espécie de sala para discutir qualquer tópico. Ele pode convidar outros usuários para compartilhar textos, fotos e vídeos sobre determinado assunto. Não é preciso informar os dados do Facebook ou mesmo uma conta de e-mail para se cadastrar. Basta fotografar um código de barras em 2D, conhecido como QR Code, para acessar qualquer comunidade do Rooms.

O novo app também inclui características dos fóruns, onde um moderador tem o poder de banir comentários de frequentadores da comunidade. De acordo com o Facebook, há regras para o conteúdo publicado. Se o usuário publicar mensagens ofensivas, ameaças, spam ou imagens de nudez, a equipe do Rooms está autorizada a apagar o conteúdo específico ou excluir a comunidade em questão.

O Rooms é mais um projeto paralelo do Facebook que, nos últimos meses, lançou outros aplicativos independentes como o Slingshot, a alternativa de Zuckerberg ao Snapchat. A empresa também adquiriu, nos últimos anos, outros serviços populares que continuam a funcionar de forma independente em relação à rede social, como o Instagram e o WhatsApp.

Publicidade