Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Facebook compra Instagram por 1 bilhão de dólares

Mark Zuckerberg anunciou a novidade em seu perfil da rede social

Por Da Redação
9 abr 2012, 15h06

O Facebook anunciou a compra do Instagram, aplicativo que personaliza fotos, por 1 bilhão de dólares. Em agosto do ano passado, a rede social tentou adquirir a ferramenta, mas a negociação só ganhou força neste ano, seis dias após o recurso aterrissar – com sucesso – nos aparelhos que rodam Android, o sistema operacional do Google. O Instagram foi lançado para iPhone em outubro de 2010 e desde então tem conquistado uma legião de fãs. A aquisição desta segunda-feira foi anunciada oficialmente por Mark Zuckerberg em seu perfil do Facebook.

Leia mais

Instagram no Android: 1 milhão de downloads em 24 horas

Entrevista com

Mike Krieger, o brasileiro do

Instagram

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Em VEJA desta semana: quem são e o que pensam os brasileiros da revolução digital

Estamos felizes em compartilhar com vocês a notícia de que adquirimos o Intagram e que a sua talentosa equipe se juntará ao time do Facebook”, disse Zuckerberg em sua página. O fundador da rede afirmou ainda que há anos sua empresa tem direcionado esforços na construção de uma boa experiência no compartilhamento de fotos entre amigos e familiares.

Para o executivo, a prioridade é aumentar os recursos do aplicativo e não somente integrar o sistema ao Facebook. “Essa é a razão pela qual estamos comprometidos em manter a operação de forma independente”, explicou. O empresário reconhece o sucesso do Instagram e diz que a meta do Facebook, a partir dessa fusão, é aumentar a base de usuários da ferramenta.

O Facebook não pretende centralizar o aplicativo em sua própria plataforma. “Planejamos continuar adaptando o Instagram para outras redes sociais, porque acreditamos que a sua conectividade com outros serviços é parte da experiência”, disse Zuckerberg.

Segundo o fundador, a aquisição é um importante marco para o Facebook, pois esta é a primeira vez que a companhia compra um produto e uma empresa, cuja base ultrapassa 30 milhões de usuários. “Não temos planos de fazer novos negócios dessa natureza, mas fornecer a melhor experiência no compartilhamento de fotos é uma das razões pela qual tantas pessoas amam o Facebook. Sabíamos que seria uma boa ideia juntar as duas empresas.”

Continua após a publicidade

Leia mais

Instagram no Android: 1 milhão de downloads em 24 horas

Entrevista com

Mike Krieger, o brasileiro do

Instagram

Em VEJA desta semana: quem são e o que pensam os brasileiros da revolução digital

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.