Clique e assine com 88% de desconto

Facebook altera controle de privacidade. De novo

Fica mais simples gerenciar grau de privacidade de conteúdos publicados. Mais: todos os cadastrados passam a ser encontrados pela busca da rede

Por Rafael Sbarai - 13 dez 2012, 15h45

Na noite desta quarta-feira, o Facebook promoveu – mais uma vez – mudanças em seu controle de privacidade. Ficou mais simples para o usuário gerenciar o grau de privacidade de conteúdos publicados por ele ou que façam referência a ele.

Leia também

Facebook: livre para definir uso de dados do usuário

Uma sutil alteração, contudo, chama atenção. A partir de agora, todos os cadastrados poderão ser encontrados pelo serviço de busca da rede – até agora, se promovesse uma mudança de configurações, um perfil poderia ficar fora da busca. Assim, o Facebook abre seu serviço de “páginas amarelas” virtual.

Publicidade

A mudança não acarreta outra mudanças acerca da privacidade das informações. Exibir para poucos ou para muitos suas informações segue uma prerrogativa do dono do perfil.

A novidade é um dos primeiros passos do criador e CEO do Facebook, Mark Zuckeberg, no sentido de alimentar seu serviço de buscas. Durante entrevista realizada em setembro, Zuckerberg deixou clara a importância da ferramenta para o negócio. “Acredito que o Facebook seja o único serviço capaz de oferecer certas informações. Quero que o mecanismo de busca responda questões como: em quais lugares meus amigos comeram sushi em Nova York nos últimos seis meses e gostaram.”

Leia mais:

Conheça o escritório do Facebook em São Paulo

Publicidade

Um em cada quatro minutos dos brasileiros na web é dedicado ao Facebook

Publicidade