Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Facebook agora vale 50 bilhões de dólares, afirma o ‘NYT’

Goldman Sachs e empresa russa investiram na rede social no fim de 2010

Por Da Redação 3 jan 2011, 10h09

Em 2010, a rede social Facebook e seu criador, Mark Zuckerberg, estiveram no topo dos assuntos mais comentados na área de tecnologia. Um panorama que não deve ser alterado em 2011, uma vez que a companhia passou a valer cerca de 50 bilhões de dólares após receber investimentos do grupo americano Goldman Sachs e da empresa russa Digital Sky Technologies. De acordo com reportagem publicada nesta segunda-feira pelo jornal americano The New York Times, o total arrecadado com as duas empresa chega a 500 milhões de dólares.

De acordo com a publicação, em seis rodadas de investimentos realizadas durante o ano, o Facebook conseguiu levantar cerca de 1,3 bilhão de dólares em fundos. O número impressiona, uma vez que o valor estimado da rede em setembro de 2010 variava entre 23 e 33 bilhões de dólares. Com o crescimento repentino, o Facebook passa a valer mais do que empresas como o grupo eBay, que atua principalmente na área de comércio eletrônico, o Yahoo e a Time Warner, do ramo de entretenimento.

Conforme analistas, o novo investimento deve oferecer oportunidades para o desenvolvimento de novos produtos, bem como a contratação de profissionais de outras empresas. O jornal também aponta que, como parte do acordo com o Facebook, a Goldman Sachs deve ajudar a rede a arrecadar mais 1,5 bilhão de dólares com o auxílio de um programa de investimento indireto. A movimentação deve evitar que o Facebook tenha que abrir seus resultados financeiros para o público – uma exigência da agência federal americana que regula as empresas com mais de 499 investidores.

Publicidade