Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Especialista faz novo alerta sobre privacidade no Facebook

Programas mal intencionados poderiam coletar número de celular e endereço de usuários

Por Da Redação 17 jan 2011, 19h40

O risco de aplicativos maliciosos no Facebook aumentou. Os usuários da rede social – que já previsavam tomar cuidado com programas que solicitam permissão para enviar e-mais e acessar a lista de contatos pessoais – agora também devem estar atentos a pedidos para ler números de celular e endereço físico.

Em seu blog, o consultor britânico de segurança Graham Cluley explicou que desenvolvedores mal intencionados poderiam criar aplicativos para colher essas informações privadas. A mudança foi anunciada pelo Facebook no sábado.

“O Facebook já é repleto de apps maliciosos que postam spam no mural dos usuários, induzem pessoas a responder pesquisas de mercado – que depois são vendidas por uma comissão – e até mesmo induzem usuários a entregar seus números de celular para a assinatura de serviços de telefonia especiais”, escreveu Cluley. O consultor alerta para a possibilidade de que endereços e números de telefone sejam vendidos posteriormente.

O Facebook argumentou para o jornal The Guardian que existe uma diferença entre aplicativos mal intencionados e programas que realmente têm um motivo para saber o número do seu telefone celular. A empresa deu o exemplo de uma empresa aérea que poderia notificar os usuários sobre as mudanças de horário ou cancelamento dos voos.

Continua após a publicidade
Publicidade