Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Empresa de reconhecimento facial Clearview AI será investigada no Canadá

A companhia criou um banco de dados que inclui milhares de imagens de usuários de redes sociais; o Canadá quer checar se o serviço está de acordo com a lei

Por Da Redação 26 fev 2020, 18h10

No início de janeiro, uma reportagem do jornal The New York Times Mostrou que a empresa Clearview AI vem oferecendo serviços de reconhecimento facial capazes de vasculhar as redes sociais do identificado para determinar locais que frequenta, as pessoas que conhece, entre outras informações pessoais. Com isso, autoridades canadenses de defesa da privacidade lançaram uma investigação da companhia norte-americana para determinar se a tecnologia cumpre as leis do país.

A Clearview AI afirma que é uma ferramenta útil para policias do mundo todo, vasculhando a internet por imagens públicas que são submetidas à análise de reconhecimento facial para identificação de potenciais suspeitos. Críticos no Canadá e nos Estados Unidos levantaram preocupações sobre a falta de permissão das pessoas que aparecem nas fotos e potenciais usos indevidos da tecnologia.

Várias autoridades de Ontário reconheceram publicamente que usam os serviços da Clearview, incluindo a polícia de Toronto, cidade mais populosa do Canadá, mas ainda não haviam sido questionadas pela situação legal do uso de tal tecnologia.

(Com Reuters)

  • Continua após a publicidade
    Publicidade