Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Dispo: app criado por youtuber pode ser nova febre das redes

Aplicativo permite somente a postagem de fotografias e proíbe edições; além disso, fotos demoram horas para serem publicadas

Por Sabrina Brito Atualizado em 18 fev 2021, 15h13 - Publicado em 18 fev 2021, 14h55

Há aproximadamente um ano, o youtuber David Dobrik criou o aplicativo Dispo, especializado na publicação de fotos. Embora tenha levado algum tempo para gerar burburinho, o app recentemente alcançou certo sucesso e se tornou tema de debates sobre o futuro das redes sociais.

O objetivo do Dispo é simples: imitar uma câmera descartável. Por isso, após tirar a foto que deseja postar, o usuário precisa esperar algumas horas até que ela seja “revelada” e de fato publicada. A ideia por trás desse mecanismo é permitir que os adeptos da nova rede registrem o momento nas redes sociais sem deixar de vivê-lo no instante que se segue ao clique, como muitas vezes acontece quando paramos para postar algo nas redes.

Além disso, o aplicativo não disponibiliza filtros, edições ou a possibilidade de acrescentar legendas às fotos. Todas as imagens publicadas ganham um aspecto retrô, parecido com o das antigas fotos descartáveis (é daí, aliás, que vem o nome da rede – Disposable, em inglês, quer dizer descartável; Dispo é uma abreviação).

Por enquanto, o app está na fase de testes, e conta com “apenas” dez mil usuários. Mas poucos adeptos não significa pouco dinheiro. De acordo com estimativas, o Dispo vale cerca de cem milhões de dólares.

Um dos principais motivos pelos quais o Dispo tem sido tão comentado é o fato de que, diferentemente de Facebook, Instagram e Twitter, o aplicativo oferece uma interface mais “clean” e tenta desviar de problemas como o FOMO (fear of missing out, ou seja, o medo de perder alguma novidade importante nos poucos momentos que se passa offline) ao criar mecanismos como o atraso na publicação das fotos e a impossibilidade de se editar os registros.

Ao lado do Clubhouse, rede social lançada no ano passado que funciona com base apenas em áudios (sem fotos, vídeos ou textos), o Dispo tem a meta de servir de opção mais saudável e orgânica aos internautas fãs de mídias sociais. Assim como esse outro aplicativo, a rede social de David Dobrik permite apenas a entrada de indivíduos convidados.

Em se tratando de ambos, resta agora esperar para ver se a nova tendência de apps vingará ou se o que vemos não passa de uma onda passageira.

Continua após a publicidade
Publicidade