Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Com novo protótipo, Sony estuda entrar no mercado de carros elétricos

Dois anos após apresentar o sedã Vision S, a empresa japonesa mostra o SUV Vision S 02 na CES 2022

Por Da Redação Atualizado em 5 jan 2022, 13h58 - Publicado em 5 jan 2022, 13h40

Na abertura da CES 2022, a tradicional feira de tecnologia que acontece anualmente em Las Vegas e retornou ao formato presencial após dois anos, a Sony apresentou um novo protótipo de carro elétrico: o SUV Vision S 02, de sete lugares. Não é o primeiro modelo que a empresa japonesa criou. Em 2020, mostrou ao mundo o sedã Vision-S. Na ocasião, disse que não pretendia entrar no mercado de veículos elétricos. Agora, a resposta mudou e a Sony admite que está estudando a produção comercial desses carros.

O novo modelo tem 40 sensores, entre radares, ultrassônicos e câmeras, que oferecem uma série de opções ao motorista, de troca de pista e estacionamento autônomo a piloto automático e sensores de fadiga e leitura labial, capazes de identificar os comandos de voz em meio ao barulho. Testes com a função de direção autônoma também foram feitos, mas ainda estão distantes de uma aplicação comercial em larga escala.

O interior do O Vision-S02, SUV elétrico de sete lugares da Sony -
O interior do O Vision-S02, SUV elétrico de sete lugares da Sony Sony/Divulgação

Embora não tenha nenhuma experiência na fabricação de carros, elétricos ou não, a Sony firmou parcerias com empresas que são referência no setor automobilístico, como a Bosch, a Continental AG (que fabrica pneus e peças), a Magna International (que fornece componentes para BMW, Mercedes e Tesla, entre outros), e a Benteler (produtora de tecnologia automotiva e componentes de aço). O que mostra que a intenção de entrar nesse mercado é séria.

A competição, no entanto, será ferrenha. Além das montadoras tradicionais, que passaram a desenvolver veículos elétricos, novas empresas também passaram a oferecer seus próprios modelos. A Tesla é a mais conhecida, mas está longe de ser a única. Uma de suas concorrentes diretas é a Rivian, que recebeu aporte da Amazon. Na China, há a BYD, aposta de Warren Buffet para dominar o mercado asiático. Fora do setor automobilístico, a Apple também pretende investir em EVs, mas seu projeto tem encontrado dificuldade para sair do papel. Até a Foxconn, conhecida por fabricar os iPhones, apresentou seus protótipos.

Continua após a publicidade

Publicidade