Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comércio eletrônico deve crescer 28% no Dia das Crianças

Previsão da E-bit aponta para um faturamento de 1,15 bilhão de reais

As vendas do comércio eletrônico no Brasil devem sofrer uma alta nominal de 28% durante o Dia das Crianças, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira pela consultoria E-bit. A previsão aponta para um faturamento de 1,15 bilhão de reais entre os dias 27 de setembro e 11 de outubro, com um tíquete médio de 390 reais por compra.

Vídeo: Três tablets para filhos tecnológicos

Apesar de a data ser voltada para o público infantil, a consultoria afirma que os brinquedos não serão os produtos que mais vão ser vendidos no período, de acordo com o levantamento. Eletrodomésticos devem liderar as vendas, seguidos por itens de moda e acessórios. Telefonia e celulares compõem a terceira categoria de produtos mais vendidos, seguida por informática. Os brinquedos e jogos eletrônicos ficam com o quinto lugar.

Em nota, o diretor geral da E-bit, Pedro Guasti, avalia que os consumidores devem aproveitar o fato de os preços no e-commerce continuarem competitivos para comprarem produtos não necessariamente relacionados à data. As categorias de moda e assessórios e eletrodomésticos já são tradicionalmente relevantes para as vendas on-line.

Mas o consumidor deve tomar cuidado para não cair nas armadilhas virtuais, como fraudes e páginas contaminadas com vírus, que costumam aparecer em datas comemorativas. Para auxiliar o consumidor, o site de VEJA oferece um guia para tirar as dúvidas do leitor sobre a compra em lojas on-line e a importância de ficar atento à reputação de tais estabelecimentos.

Confira as orientações:

Cinco passos para avaliar a reputação de uma loja on-line

Como identificar um site de compras seguro

As dúvidas mais comuns sobre compras on-line

(Com Estadão Conteúdo)