Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Cofundadores do Instagram deixam o Facebook

Anúncio vem meses após a saída de Jan Koum, cofundador do aplicativo WhatsApp, também pertencente a Mark Zuckerberg

Por Reuters Atualizado em 25 set 2018, 18h12 - Publicado em 25 set 2018, 15h49

O Instagram informou na segunda-feira 24 que seus cofundadores Kevin Systrom e Mike Krieger renunciaram aos cargos de diretor executivo e diretor técnico do aplicativo de compartilhamento de fotos de propriedade do Facebook Inc, dando escassa explicação para o movimento.

A mudança no gerador de receita de mais rápido crescimento do Facebook vem meses após a saída de Jan Koum, cofundador do aplicativo WhatsApp, o que deixou a rede social sem os desenvolvedores por trás de dois de seus maiores serviços.

As renúncias também acontecem em um momento em que a plataforma central do Facebook está sob pressão para proteger os dados dos clientes e a empresa luta para se defender de esforços políticos para disseminar informações falsas. Além disso, os usuários mais jovens preferem cada vez mais formas alternativas de manter contato com a família e amigos. Preocupações com os negócios do Facebook provocaram em julho a maior queda diária da história do mercado de ações dos EUA .

Systrom escreveu em um post na segunda-feira que ele e Krieger planejaram tirar uma folga e explorar “nossa curiosidade e criatividade novamente”.

O anúncio foi feito após confrontos cada vez mais frequentes com o presidente executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, sobre a direção do Instagram, informou a Bloomberg.

Em um comunicado, Zuckerberg descreveu os dois como “líderes de produtos extraordinários”.

“Aprendi muito trabalhando com eles nos últimos seis anos e realmente gostei. Desejo tudo de bom e estou ansioso para ver o que eles construirão a seguir”, disse Zuckerberg.

Continua após a publicidade

Publicidade