Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Citigroup admite ataque virtual a seu sistema nos EUA

Dados de usuários de cartões de créditos foram acessados por criminosos

O Citigroup informou nesta quarta-feira que foi alvo de um ataque virtual que expôs dados pessoais de cerca de 210.000 usuários de seu serviço de cartões de crédito – o equivalente a 1% do número de clientes. De acordo com o jornal Financial Times, a instituição financeira americana disse que a invasão foi descoberta em maio, durante uma verificação de rotina dos sistemas. A publicação aponta ainda que informações como nomes, números de contas e endereços de e-mails foram comprometidos, mas que os códigos de segurança e senhas não foram acessados pelos criminosos.

Com o ataque, o grupo entra para a lista de grandes companhias que sofreram ataques nos últimos meses. É o caso das redes de jogos on-line da Sony, cuja invasão expôs dados de cerca de mais de 120 milhões de pessoas.

Outra vítima é a companhia de segurança digital RSA, que teve seu sistema de tokens hackeado. Nesse episódio, os criminosos acessaram os computadores da empresa americana Lockheed Martin – responsável por produzir equipamentos para o Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

O Citigroup ainda não informou o que fará em relação aos clientes cujas informações foram expostas.