Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Celulares agora são alvos de hackers

A cada diz, os telefones celulares se parecem mais e mais com uma espécie de mini-computador. Com os modelos mais novos, sobretudo os chamados smartphones, é possível não só escrever mensagens, como também ouvir músicas e navegar na internet, quase que do mesmo jeito que em um PC. E junto a isso, surge um problema: a vulnerabilidade a ataques de hackers.

O risco foi levantado durante uma conferência da Black Hat em Las Vegas, que discutiu a questão da segurança nos serviços de tecnologia. No encontro, três equipes de pesquisadores demonstraram a facilidade em se invadir um telefone móvel, quase sem interferência por parte das operadoras. Segundo reportagem do jornal Independent, houve falhas tanto no iPhone, da Apple, como em celulares rodando os sistemas Android, do Google, ou Windows, da Microsoft.

Os pesquisadores demonstraram como os usuários de celulares estão sujeitos a ataques pelo simples fato de não terem controle absoluto sobre o que recebem. Um exemplo são as mensagens de texto, citado pelo hacker Charlie Miller e seu colega Collin Mulliner, estudante de segurança em telecomunicações pela Universidade Tecnológica de Berlim.

Eles mostraram que é possível desconectar um celular de sua operadora com o envio de uma simples mensagem (invisível para o usuário). Para Miller, a estratégia representa um “ataque poderoso”. “Tudo que preciso saber é o seu número de telefone”, afirmou, acrescentando que basta o celular escolhido estar ligado. “O usuário não tem que fazer nada – é o vetor perfeito de ataque”.