Clique e assine com até 92% de desconto

Carteira virtual Apple Pay decepciona consumidores nos EUA

Segundo pesquisa, 75% dos usuários enfrentam algum problema com o recurso, que faz do iPhone um cartão de pagamentos

Por Da Redação 31 mar 2015, 14h40

Um estudo feito com 3.000 famílias dos Estados Unidos pela consultoria americana Phoenix constatou que 75% dos usuários que tentaram realizar pagamentos pela carteira virtual da Apple, o Apple Pay, enfrentaram algum tipo de problema. Quase metade deles (47%) não conseguiu realizar a operação pretendida.

De acordo com o relatório, as principais queixas em relação à plataforma foram terminais de pagamento que não funcionavam, demora excessiva nas transações e falta de preparo dos funcionários das lojas para ajudar os consumidores a usarem o recurso.

Lançado em outubro de 2014 para iPhones 6 e iPhones 6 Plus, o Apple Pay requer que os estabelecimentos comerciais instalem uma maquininha específica para receber o sinal de sua plataforma. Com o equipamento compatível, basta que o usuário encoste os smartphones nos terminais para efetuar o pagamento.

Hoje, cerca de 50 lojas possuem estrutura para o recurso. Segundo a pesquisa, porém, vários desses locais que dizem aceitar a tecnologia não funcionam na prática.

Os resultados são desanimadores para a Apple. Ainda que esteja em fase inicial de implementação, o Apple Pay é ameaçado pelo novo sistema de pagamento da Samsung, disponível para Samsung Galaxy S6, que permite que usuários paguem suas contas por meio de um toque do telefone sobre as leitores de cartão de débito ou crédito convencionais. Sua transmissão de dados é, afirma a Samsung, capaz de ser lida por 90% das máquinas do mercado.

Leia também:

Google acirra disputa com PayPal e Apple Pay pelo mercado de carteira eletrônica

Apple ficará com 0,15% de cada transação no Apple Pay

Continua após a publicidade
Publicidade