Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil terá órgão militar contra ataques cibernéticos

Núcleo faz parte de estratégia do governo para defesa durante a Copa do Mundo e Jogos Olímpicos

O Ministério da Defesa publicou nesta quinta-feira uma portaria que tem como objetivo a criação de um novo órgão militar para prevenção contra ataques cibernéticos. O núcleo, chamado de Sistema Militar de Defesa Cibernética (SMDC), será coordenado pelo Estado-Maior das Forças Armadas e contará com a participação de civis.

Leia mais:

Estados Unidos se armam contra ataques cibernéticos

Para Irã, ataques cibernéticos são piores que guerra física

A nova política de defesa também determina a criação de estruturas de inteligência para investigar possíveis ações criminosas contra a segurança pública através da internet. As Forças Armadas realizarão exercícios de simulação de combate a ameaças para colocar em prática os procedimentos e normas de atuação que serão fixadas a partir desta portaria.

O ministro da Defesa, Celso Amorim, disse em discurso em outubro que uma das preocupações do governo na defesa cibernética é sua aplicação durante eventos como a Copa do Mundo, em 2014m e os Jogos Olímpicos do Rio, de 2016.

(Com Agência EFE)