Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil é quarto maior mercado de PCs

País só perde para EUA, China e Japão. Em 2010, vendas crescem 23,5%

Apesar da chegada dos tablets, o mercado de PCs no Brasil continua em alta. De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira pelo instituto de pesquisa IDC Brasil, foram comercializados no país cerca de 13,7 milhões de computadores em 2010, crescimento de 23,5% em relação ao ano anterior. O número coloca o Brasil na quarta posição do ranking mundial, atrás apenas de Estados Unidos, China e Japão. Do total, 55% das máquinas vendidas são desktops e 45%, notebooks.

“O quarto trimestre de 2010 mostrou um cenário diferente do que víamos no passado, quando eram vendidos mais computadores por conta do Natal. Com a antecipação do varejo nas compras de final de ano, o terceiro trimestre foi o mais forte. Mesmo assim, os números apontam um crescimento de 15% com relação aos meses de outubro, novembro e dezembro de 2009”, declara Luciano Crippa, gerente de pesquisas da IDC.

A companhia aponta que, em 2010, 65% dos computadores vendidos foram destinados a usuários domésticos e 35%, ao mercado corporativo – incluindo setores como educação e governo. O mesmo estudo mostrou que a venda total de notebooks para usuários domésticos foi 30% maior do que a de desktops. “Isso confirma que a categoria dos portáteis chegou para ficar no mercado nacional”, explica Crippa.

O analista acredita que os tablets, como o iPad, da Apple, e o Samsung Galaxy Tab vão começar, gradativamente, a impactar na venda de outros dispositivos – principalmente os notebooks.