Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aplicativo para celular põe Congresso dos EUA no bolso

Programa para o sistema Android permite acompanhar todas as decisões do Legislativo norte-americano e os passos de deputados e senadores

Os norte-americanos que possuem celulares com o sistema operacional Android, do Google, já têm literalmente à mão todas as informações sobre a vida do Congresso Nacional dos Estados Unidos: leis, projetos apresentados, votações na Câmara dos Representantes (deputados) e no Senado e atuação dos congressistas. Esse conteúdo está reunido no aplicativo Congress, desenvolvido pela Fundação Sunlight, organização sem fins lucrativos que usa a tecnologia para dar transparência às decisões do governo e do Legislativo. O programa pode ser baixado gratuitamente na loja virtual Android Market.

Desde que foi colocado no ar, há cerca de um ano, o aplicativo foi baixado aproximadamente 300.000 vezes – uma evidência de sua relevância e um indicador de que o eleitor se preocupa, sim, com o trabalho de seus representantes. Outro termômetro do sucesso são as avaliações feitas pelos usuários. “Recebo muitas mensagens de cidadãos comuns, dizendo que o Congress fez com que eles entrassem em contato com seus representantes, porque o aplicativo de fato facilita essa tarefa”, conta Eric Mill, desenvolvedor da Sunlight que concebeu e desenvolveu o programa. “Eles também dizem que, graças ao programa, se sentem mais bem informados.”

Para construir esse fiscal eletrônico do Congresso, a Fundação Sunlight recorre a diferentes fontes de informação oficial e noticiosa. Da página Thomas, mantida pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, o programa retira informações sobre votações do Legislativo federal em um formato que pode ser processado por computadores. “A Biblioteca publica os registros de tudo que o Congresso faz, inclusive textos de projetos de lei e o desfecho das votações”, explica Mill. Já as informações pessoais dos congressistas e dados sobre a atuação parlamentar deles são provenientes de um banco mantido pela própria Sunlight. As notícias, por sua vez, são reunidas ao restante do pacote por meio do agregador de dados do buscador Yahoo.

Brasil – Ver os eleitores norte-americanos seguindo os passos de seus congressistas a um toque de celular é de fazer inveja. E também traz a seguinte indagação: seria possível construir um ferramenta similar no Brasil? Em termos. Até bem pouco tempo, era impossível pensar em um aplicativo nos moldes do Congress para acompanhar tudo o que acontece no Legislativo em Brasília. Isso porque a página do Senado na internet disponibilizava as informações sobre a presença dos senadores e sobre seus votos em arquivos que não podiam ser lidos por programas de computador.

Desde julho, quando foi feita uma alteração no site, os dados estão dispostos de maneira semelhante à oferecida pelas páginas da Biblioteca do Congresso norte-americano e da Câmara dos Deputados brasileira. Contudo, esse não é o formato ideal para o processamento eletrônico das informações. Ainda é necessária a utilização de uma técnica conhecida como screen scraping, em que um programa de computador reconhece a estrutura da página de internet e extrai os dados desejados do código. Nos Estados Unidos, esse trabalho é feito pelo site Govtrack.us. Por aqui, o cidadão brasileiro ainda terá de esperar para fiscalizar seus representantes a um simples toque no celular.