Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Aplicativo ‘Bang With Friends’ muda de nome e volta à loja da Apple

Programa que tenta facilitar o sexo sem compromisso havia sido retirado da App Store por causa do nome, considerado ofensivo

Por Da Redação - 29 ago 2013, 18h10

O aplicativo Bang With Friends, sucesso no Facebook por ajudar usuários a encontrar amigos dispostos ao sexo casual, voltou a ser oferecido na App Store, a loja de aplicativos da Apple, três meses após ter sido banido do catálogo de programas. A condição, contudo, foi trocar de nome: o app agora se chama Down.

A proibição foi motivada pelo nome do aplicativo. Em inglês, bang é uma gíria que se refere de forma pouco sutil à prática sexual. Em maio, quando o app foi banido, os desenvolvedores chegaram a oferecer o programa utilizando apenas suas iniciais: BWF. A estratégia não funcionou e a Apple, mais uma vez, retirou de sua biblioteca o aplicativo. Down, novo nome do programa, é uma simplificação de outra gíria, down to bang, algo como “topo fazer sexo”.

Leia também:

Rastreador de Namorado: um app para descobrir traição

Publicidade

Para quem não se lembra, o programa permite que usuários do Facebook marquem amigos com os quais gostariam de sair para uma “aventura de uma noite”. Se a intenção for recíproca, ambos recebem uma mensagem sugerindo o encontro. O app é gratuito e só é oferecido em inglês.

No Brasil, o aplicativo que vem fazendo barulho é o Rastreador de Namorado. Seu objetivo, como diz o nome, é permitir que uma pessoa siga os passos do parceiro – no mundo real e também virtual.

O app foi retirado da loja digital Play, do Google. “Eles nos disseram que o app não avisava o proprietário do celular que seus dados estavam sendo enviados para a namorada ou namorado”, diz o programador Danilo Neves Cruz, desenvolvedor do programa. Ele, contudo, nega que o app funcione dessa maneira e apresenta outra versão: “Foi o barulho em torno do programa que influenciou o Google a banir o Rastreador.” Atualmente, o aplicativo brasileiro só pode ser baixado a partir do site do programa.

Publicidade