Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Angry Birds: zangados sim; espiões nunca

Rovio diz que game não foi usado por NSA e GCHQ para espionar jogadores

Os pássaros do Angry Birds podem até ser zangados, mas não são espiões. Pelo menos é o que diz a desenvolvedora finlandesa Rovio, responsável pela franquia. Em um comunicado divulgado nesta terça-feira, a empresa reforçou não estar entre as companhias parceiras da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA, em inglês), acusada de solicitar aos gigantes da internet dados de seus usuários.

Leia também:

NSA espiona usuários de Angry Birds e outros aplicativos

A companhia se manifestou em resposta às reportagens publicadas pelo jornal britânico The Guardian e pelo The New York Times, que com base em documentos secretos vazados pelo ex-analista de inteligência Edward Snowden, denunciavam um esquema de espionagem, em que informações como idade, gênero e localização eram compartilhadas entre o aplicativo e a NSA. Ainda de acordo com os veículos estrangeiros, a Rovio também contribuía com a GCHQ, que desempenha o mesmo papel da NSA na Grã-Bretanha.

“Não compartilhamos dados ou colaboramos com agências de espionagem do governo, como NSA ou GCHQ, em nenhum lugar do mundo”, reforçou a Rovio em seu comunicado. A empresa ressaltou, no entanto, que o monitoramento pode ter ocorrido por meio de companhias de publicidade terceirizadas usadas por milhares de sites comerciais ou aplicações mobile. A companhia finlandesa disse, contudo, que não permite que empresas terceiras utilizem dados de usuários acessados através dos apps da companhia.

Mikael Hed, CEO da Rovio, mostrou preocupação com as denúncias e disse que, para proteger seus usuários, irá reavaliar seus contratos a fim de descobrir se os dados dos jogadores foram repassados a agências de espionagem dos governos americano e britânico.

Além da franquia Angry Birds, a Rovio também é dona do jogo Bad Piggies, desenvolvido para smartphones e tablets. Segundo a companhia, a série dos pássaros zangados já foi baixada mais de 2 bilhão de vezes em todo o mundo.