Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Anatel estuda transformar orelhão em ponto de rede wi-fi

Agência quer aproveitar equipamentos já instalados para desafogar a rede 3G

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) estuda transformar orelhões em transmissores de wi-fi para desafogar a rede 3G ou em pontos de acesso à internet com visor, para consultar dados como mapas, endereços e telefones. A ideia já está sendo testada no Rio de Janeiro. Segundo Emília Ribeiro, conselheira da Anatel, a vantagem é que a faixa de uso do serviço não está congestionada – ao contrário do 3G.

Pelo projeto, caberia às concessionárias de telefonia estabelecer uma forma de cobrança pelo uso de telefonia móvel. Também está em discussão elevar a quantidade de meios para pagamento da ligação, com o uso de cartão de crédito e moedas. Outra proposta prevê a instalação de telas e visores nos orelhões, para que usuários possam acessar catálogos de telefones e endereços ou procurar a localização de um restaurante.

“Seria uma forma de aumentar a inclusão digital no País e facilitar a vida de turistas brasileiros e estrangeiros”, afirma Emilia Ribeiro.

“Os orelhões estão perdendo, rapidamente, a utilidade do passado. Mas eles estão lá, nas ruas, e devem servir para novas prioridades. Trata-se de um patrimônio público que não precisa ser construído, apenas modificado”, disse o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

(com Agência Estado)