Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Amazon vai lançar seu primeiro smartphone em 18 de junho

Dispositivo pode ser capaz de exibir imagens em 3D e deve desafiar aparelhos com sistema operacional Android

A Amazon convidou a imprensa nesta quinta-feira para um evento no dia 18 de junho, na cidade de Seattle, nos Estados Unidos. Na ocasião, espera-se que Jeff Bezos, CEO da Amazon, anuncie o primeiro smartphone com sistema operacional Android da marca. O convite inclui uma imagem da parte traseira do aparelho e exibe um vídeo que mostra a primeira impressão de diversas pessoas sobre o produto. Em determinado momento, o topo do aparelho chega a aparecer nas imagens.

Leia também:

Amazon lança concorrente para Apple TV e Chromecast

Chromecast, dispositivo do Google que leva web para TV, chega ao Brasil

Vídeo: saiba como escolher sua TV com internet

No vídeo, usuários aparecem movimentando a cabeça em frente ao aparelho, o que sugere que ele seja capaz de reproduzir imagens em 3D. Desde que os rumores sobre o smartphone começaram a circular, uma das hipóteses é de que a Amazon equiparia o produto com várias câmeras frontais. Elas poderiam identificar os movimentos da cabeça em frente à tela para ajustar, em tempo real, a exibição das imagens em três dimensões para evitar borrões.

Outra possível vantagem do smartphone da gigante do varejo americana seria um acordo exclusivo com a operadora AT&T. Por meio dele, a empresa subsidiaria o uso da internet móvel para acessar conteúdos comercializados pela própria empresa, como aplicativos, música e vídeo. Com isso, o usuário poderá economizar o plano de dados contratado para acessar outros sites e aplicativos. Confira o vídeo divulgado pela Amazon abaixo:

A Amazon, que durante muitos anos apostou em diversos serviços de internet, passou a investir em produtos de hardware nos últimos anos. Além do leitor eletrônico Kindle Paperwhite e dos tablets da linha Kindle Fire HDX, a empresa iniciou em abril deste ano as vendas da Fire TV, uma central de mídia que leva serviços de vídeo sob demanda, apps e games para televisores. O preço de 99 dólares é competitivo em relação a rivais, como a Apple TV.