Clique e assine a partir de 8,90/mês

Amazon apresenta caixa de som inteligente nos EUA

Echo tem conexão com a internet e marca estreia da assistente pessoal Alexa

Por Da Redação - 6 nov 2014, 16h47

A Amazon surpreendeu o mercado nesta quinta-feira ao apresentar uma caixa de som inteligente chamada Echo. Feita para ficar em casa, o produto traz uma assistente pessoal chamada Alexa que reconhece comandos de voz de qualquer morador. Assim como a Siri, a Cortana e Google Now, ela pode responder a perguntas como “Vai chover amanhã?”, consultar a Wikipedia, executar comandos como “Tocar rock” e montar uma lista de tarefas.

Leia também:

Microsoft lança Band, sua primeira pulseira inteligente

Home Kit pode fazer do iPhone o coração da casa inteligente

Fabricado em formato cilíndrico, o dispositivo estará à venda nos Estados Unidos a partir das próximas semanas por 199 dólares – mas por enquanto apenas convidados poderão comprar o Echo no lançamento. O produto é equipado com sete microfones no topo para, mesmo a distância, reconhecer a voz do usuário. O produto possui um software que filtra os ruídos, e as mensagens recebidas são enviadas para servidores da Amazon, onde são processadas.

O alto-falante do Echo pode reproduzir músicas a partir do serviço Amazon Music e dos aplicativos TuneIn e iHeart Radio – a Amazon não informou se outros serviços, como o Spotify, serão compatíveis. O Echo pode também reproduzir diversas rádios on-line e até consultar o site da Wikipedia para responder perguntas realizadas pelos moradores da casa. Confira como ele funciona no vídeo abaixo:

https://youtube.com/watch?v=KkOCeAtKHIc%3Frel%3D0%26showinfo%3D0

A Amazon criou um aplicativo – para Android e smartphones e tablets da linha Fire – que permite ao usuário dar outros comandos de voz à assistente pessoal Alexa, como adicionar produtos na lista de compras, criar um novo item na lista de tarefas ou ajustar o alarme para o dia seguinte.

Briga de gigantes – Com o novo produto, a Amazon entra na briga pelo controle da casa inteligente. Outras grandes companhias estão nessa corrida, como o Google e a Apple. O gigante das buscas adquiriu no início do ano a Nest, startup que fabrica um termostato inteligente nos Estados Unidos, que ‘aprende’ com os hábitos do usuário. A empresa de Cupertino, por outro lado, anunciou recentemente a plataforma Home Kit, que pretende transformar o iPhone – e sua assistente pessoal Siri – no coração da casa inteligente.

Continua após a publicidade
Publicidade