Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Agulha do Pêndulo do Apocalipse é atrasada em um minuto

O fim do mundo está um pouco mais distante, segundo a Associação dos Cientistas Nucleares, que atrasou em um minuto a grande agulha do Pêndulo do Apocalipse, que simboliza a iminência de um cataclismo atômico.

A decisão foi tomada pelo conselho de administração da famosa organização científica, que já ganhou 19 prêmios Nobel.

Os cientistas explicaram a mudança por “uma situação mundial mais animadora” em relação às ameaças de aniquilação nuclear e de catástrofe climática que pesam sobre a humanidade.

O famoso pêndulo indica agora seis minutos para a meia-noite. Criado em 1947, o Pêndulo do Apocalipse já havia sido ajustado 18 vezes, a última delas em 2007, quando a grande agulha foi adiantada em dois minutos.

O evento, organizado em Nova York, tornou-se pela primeira vez acessível ao vivo pela internet, no site www.TurnBackTheClock.org.

Esse novo site pede a todos que participem dos esforços para afastar ainda mais a grande agulha da meia-noite.

“Estamos caminhando na direção de um mundo livre de armas nucleares, pois pela primeira vez desde que foram lançadas as bombas atômicas, em 1945, os dirigentes das potências nucleares estão cooperando para reduzir significativamente seus arsenais”, escreveram os cientistas em comunicado.

Além disso, pela primeira vez, países industralizados e em desenvolvimento prometeram limitar suas emissões de gases de efeito estufa, afirmaram.

“Estas ações sem precedentes demonstram a existência de uma verdadeira vontade política de enfrentar as duas maiores ameaças para a civilização: o terror das armas nucleares e o aquecimento global”, disseram os cientistas.

“Ficamos animados com esta evolução, mas estamos cientes de que o pêndulo continua oscilando”, observou Lawrence Krauss, um dos líderes da associação.