Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

A nação do Instagram (governada por um brasileiro)

Paulistano Michel “Mike” Krieger fala a VEJA da paixão nacional pelo aplicativo de fotos, que criou em 2010, mentiras na internet e riscos da era Trump

Por Filipe Vilicic 14 abr 2017, 07h00

Aos 31 anos, o empreendedor Michel Krieger ostenta um currículo extraordinário. Nascido em São Paulo (o pai era alto executivo de uma empresa de bebidas), ele se mudou em 2004 para a Califórnia, para estudar na Universidade Stanford, no Vale do Silício. Lá ganhou o apelido de Mike e se destacou no curso de sistemas simbólicos, que reúne disciplinas que vão da computação à psicologia. Trabalhou na Microsoft e em startups, até que, em 2010, criou, com o americano Kevin Systrom, o Instagram. Dois anos depois, vendeu o aplicativo de fotos — então com faturamento zero, mas 30 milhões de usuários — ao Facebook por 1 bilhão de dólares.

Hoje, o Instagram tem 600 milhões de cadastrados e é avaliado em 30 bilhões de dólares. Casado com uma cientista política americana, com quem fundou a organização Future Justice — cuja meta é reformar o sistema prisional dos EUA —, Krieger vem ao Brasil nesta semana para falar dos resultados do Instagram, que ainda comanda, no cargo de chefe de tecnologia. A VEJA, ele falou dos motivos de seus conterrâneos terem se tornado o segundo maior público do aplicativo, do medo que o Vale do Silício tem do presidente americano Donald Trump e de como as redes sociais parecem cada vez mais iguais entre si.

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)