Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

A fortuna dos super-ricos tem uma diferença: a origem do dinheiro

Na Europa, o dinheiro dos bilionários vem da herança de empresas. Nos Estados Unidos, de empreendedores e executivos

Por André Lopes Atualizado em 24 jan 2018, 18h06 - Publicado em 24 jan 2018, 18h04

Cerca de 7 milhões de pessoas que compõem o 1% dos mais ricos do mundo ficaram com 82% de toda riqueza global produzida em 2017, aponta um estudo divulgado na segunda-feira 22, pela organização não-governamental britânica Oxfam, antes do Fórum Econômico Mundial, que ocorre em Davos, na Suíça.

O grupo mais VIP, onde estão as pessoas com fortunas acima de 1 bilhão de dólares, chegou ao número de 2 043. Sem novidades, Estados Unidos e Europa concentram a maior parte desses, mas com a diferença de que a origem do dinheiro não é a mesma.

Um relatório publicado em 2016, pelo centro de pesquisas econômicas Peterson Institute,  mostra que os  americanos são bem mais dinâmicos na hora de conseguir os seus bilhões. A maioria deles é formada principalmente por fundadores de empresas, em especial do setor de tecnologia, e por investidores do mercado financeiro.

Na Europa, mais da metade dos bilionários é herdeira de grandes fortunas. A diferença se reflete no perfil das companhias responsáveis por criar tais riquezas. Uma grande empresa na Europa tem, em média, 20 anos a mais do que uma nos Estados Unidos.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)