Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Trocar companhias à mesa pelo celular: mau hábito

Confira dicas para evitar comportamento que, infelizmente, se multiplica

Por Da Redação - 27 maio 2012, 15h18

Nos Estados Unidos, o mau hábito de quem não consegue se desvencilhar de tablets e celulares nem por um minuto virou um desafio entre amigos.

No phone stacking, os aparelhos são empilhados sobre a mesa do bar ou do restaurante. Quem não resiste e pega o seu primeiro paga a conta. Conheça, a seguir, algumas normas de etiqueta que possibilitam uma convivência saudável entre amigos e seus eletrônicos.

Na hora do almoço e do jantar, desligue o celular ou deixe-o no bolso, no modo silencioso. Tão deselegante quanto papear ao celular é deixar de dar atenção a quem está ao seu lado para checar mensagens, explica a consultora em etiqueta e marketing pessoal Ligia Marques

Se precisar atender o celular ou enviar um e-mail durante uma reunião, avise antes de ela começar. Quando o aparelho vibrar, saia da sala para falar e seja o mais breve possível

Publicidade

Ainda durante uma reunião, só utilize celulares e tablets se eles forem necessários para o trabalho naquele momento. Dar uma espiadela nas redes sociais, mesmo que discretamente, nem pensar

Por fim, não fotografe tudo e todos, nem compartilhe fotos sem a autorização de quem nelas aparece

Publicidade