Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tailândia: meninos resgatados estão saudáveis e sem sinais de estresse

Segundo autoridades, os garotos estão em diferentes estágios de recuperação: alguns já se adaptaram à luz e outros ainda precisam de óculos escuros

Autoridades de saúde informaram nesta quarta-feira que os 12 meninos tailandeses e o técnico de futebol não mostram sinais de estresse e estão saudáveis apesar de terem perdido peso durante os 17 dias de isolamento. “Por nossa avaliação, estão em bom estado e não exibem estresse. As crianças foram bem cuidadas na caverna. A maioria dos meninos perdeu, em média, dois quilos”, disse Thongchai Lertwilairattanapong, inspetor do departamento de saúde tailandês.

A Tailândia reagiu com alívio, gratidão e entusiasmo depois que o último grupo de integrantes do time “Javalis Selvagens” foi resgatado da caverna de Tham Luang, perto da fronteira com Mianmar, na noite de terça-feira. Eles foram levados de helicóptero a um hospital a cerca de 70 quilômetros de distância e colocados em quarentena, que se estendeu para quatro mergulhadores tailandeses que tiveram contato com o grupo por mais de uma semana.

Infecções

A principal preocupação dos médicos no momento são os pequenos arranhões ou infecções bacterianas adquiridas pela ingestão de água contaminada, já que o sistema imunológico dos garotos foi comprometido pelos dias de ambiente inóspito e alimentação inadequada.

Ainda que a probabilidade de infecção grave seja pequena, especialistas estão tomando precauções caso os meninos tenham adquirido uma doença rara. Uma das ameaças é infecção contraída a partir das fezes de morcegos ou roedores que eles possam ter encontrado no subsolo. Os sintomas variam de dores de cabeça e febreinsuficiência respiratória aguda e até mesmo morte.

De acordo com Jesada Chokedamrongsuk, secretário de saúde pública da Tailândia, dois dos garotos apresentam sinais de pneumonia e um menino do último grupo resgatado na terça-feira está com uma infecção pulmonar. Todos estão sendo tratados com antibióticos e receberam vacinas, incluindo doses contra tétano e raiva.

Recuperação

Os meninos estão em diferentes estágios de recuperação. O primeiro grupo, retirado no domingo já se adaptou à luz normal e recebeu a visita dos pais, que precisaram usar roupas protetoras e ficar a dois metros de distância, por precaução. Os últimos, retirados na terça-feira, ainda usam óculos escuros.

O primeiro-ministro Prayuth Chan-ocha pediu que se dê tempo e espaço para os meninos se recuperarem. “O importante é espaço pessoal. Temos que monitorar isso porque seu sistema imunológico ainda está fraco. A melhor maneira é não aborrecê-los e deixá-los estudar”, disse.

Dieta

A equipe médica também está atenta à dieta do grupo. Eles ficaram nove dias sem comer e quando foram encontrados receberam alimentos ricos em proteínas. Ainda assim, segundo autoridades, eles continuam se queixando de fome.

Os garotos têm sido alimentados com mingau de arroz, apesar dos inúmeros pedidos por krapao, comida típica tailandesa que consiste de carne de porco frita com manjericão. Nesta terça, um médico aprovou o pedido dos meninos para comer pão com cobertura de chocolate.

(Com Reuters e Estadão Conteúdo)