Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Suspeito de ter contraído ebola morre na Arábia Saudita

Homem tinha feito viagem recente a Serra Leoa. Se confirmado, esse será o primeiro caso de morte fora da África

Um saudita com sintomas característicos do ebola morreu nesta quarta-feira na cidade de Jidá, na Arábia Saudita, segundo o Ministério da Saúde do país. Ele tinha feito uma visita recente a Serra Leoa, um dos quatro países afetados pelo vírus, ao lado de Guiné, Libéria e Nigéria. Se confirmado, será o primeiro relato de morte fora da África desde que o ebola foi descoberto, em 1976. A atual epidemia infectou 1 711 pessoas e matou 932 desde março, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

De acordo com um comunicado no site do Ministério da Saúde do país, o paciente de 40 anos morreu de parada cardíaca. A nota informou que testes estão sendo feitos para confirmar se o paciente apresentava o vírus do ebola. O saudita estava sendo tratado numa ala isolada do hospital.

Em abril, o país parou de emitir vistos de entrada para muçulmanos de países da África Ocidental. Essa seria uma medida para evitar que o ebola se alastrasse na Arábia Saudita em decorrência de viagens de peregrinação.

Leia também:

OMS considera usar tratamento experimental contra o ebola

Ebola faz a segunda vítima na Nigéria