Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

SP reduz restrições no dia 17, mas torcidas e shows em pé só em novembro

O governo estadual esclareceu que a flexibilização que irá ocorrer em breve ainda não permite eventos que gerem aglomeração, incluindo pistas de dança

Por Giulia Vidale Atualizado em 5 ago 2021, 19h30 - Publicado em 4 ago 2021, 17h36

Está previsto para o dia 17 de agosto uma nova etapa de flexibilização na fase de transição do Plano São Paulo. Estabelecimentos comerciais poderão operar sem limite de horário e com 100% de ocupação. Atualmente, o horário limite de funcionamento é meia-noite, com 80% de ocupação. Eventos sociais e feiras corporativas também estão autorizados, desde que seja mantido um distanciamento de ao menos um metro entre os participantes.

LEIA TAMBÉM: Variante Delta pode levar a aumento de casos de Covid-19 no Brasil

Por outro lado, o governo do estado de São Paulo fez questão de ressaltar nesta quarta-feira, 4, que atividades que geram aglomeração, como torcidas em jogos esportivos, shows em pé e pistas de dança ainda não podem ser realizadas. A estimativa para a retomada é apenas em novembro, quando pelo menos 90% da população acima de 18 anos terá completado o esquema vacinal, de acordo com a secretária de Desenvolvimento Econômico do estado de São Paulo, Patricia Ellen. O uso de máscaras continuará obrigatório nestes locais.

O cronograma de vacinação do estado de São Paulo prevê administrar ao menos uma dose em todas as pessoas a partir de 18 anos de idade até o dia 16 de agosto. Em seguida, terá início a imunização de adolescentes de 12 a 17 anos. O prazo para a segunda dose varia entre 21 dias e 12 semanas, de acordo com o imunizante.

Continua após a publicidade
Publicidade