Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

SP mantém fase de transição, mas com horário estendido

Governo também anunciou a vacinação de pessoas com idades entre 50 e 54 anos que tenham deficiência permanente ou comorbidades

Por Mariana Rosário Atualizado em 7 Maio 2021, 13h35 - Publicado em 7 Maio 2021, 13h22

O governador do Estado de São Paulo, João Doria, anunciou nesta sexta-feira, 7, que a região se manterá na fase de transição até 23 de maio.

Em relação à etapa anterior da quarentena que acaba hoje, haverá alguns ajustes nos horários. Atividades comerciais, restaurantes e similares, salões de beleza e academias, atividades culturais, parques estaduais e municipais poderão estender seu funcionamento das 6h às 21h.

O toque de recolher será das 21h às 5h. A ocupação autorizada desses estabelecimentos também terá ajustes, passa de 25% para 30%. As alterações valem a partir de sábado, 8.

Vacinação

O governo também anunciou para 14 de maio a vacinação de pessoas com idades entre 50 a 54 anos que tenham comorbidades ou deficiência permanente. A data vale para paulistas com doenças cardiovasculares, diabetes, pneumopatias crônicas graves, doença cerebrovascular, doença renal crônica, imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos), anemia falciforme, obesidade mórbida, cirrose hepática e HIV.

Para receber as doses será necessário apresentar comprovante da condição de risco por meio de exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica. Para as pessoas com deficiência permanente será preciso apresentar o comprovante do recebimento do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade