Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

SP irá vacinar idosos de 80 a 84 anos a partir de 1º de março

Estado também decidiu antecipar a imunização de pessoas com idade entre 85 e 89 anos para sexta-feira, 12 de fevereiro

Por Giulia Vidale Atualizado em 9 mar 2021, 12h21 - Publicado em 10 fev 2021, 13h25

O estado de São Paulo irá começar a vacinar idosos com idade entre 80 e 84 anos a partir do dia 1º de março. Além disso, a vacinação de pessoas de 85 a 89 anos foi antecipada para sexta-feira, 12. Inicialmente, a imunização deste grupo estava programada para segunda-feira, 15.  Os anúncios foram feitos nesta quarta-feira, 10, pelo governador João Doria.

Embora não seja obrigatório, o governo de São Paulo incentiva a realização do pré-cadastro pelo portal Vacina Já. O registro agiliza a vacinação e evita aglomerações.

Os idosos de 80 e 84 anos poderão ser imunizados com parte das 8,7 milhões de novas doses da vacina do Butantan, que serão produzidas com insumos que chegaram ao Brasil na manhã desta quarta. Já a antecipação da vacinação de pessoas de 85 a 89 anos poderá ser realizada após a conclusão do envio de mais de 900.000 doses da vacina do Butantan a todas as regiões do estado. Na última segunda-feira, 8 , idosos acima de 90 anos começaram a ser vacinados em todos o estado.

LEIA TAMBÉM: Uma conversa com Katalin Karikó, cientista por trás das vacinas de RNA

A medida também permite que os municípios comecem a oferecer a segunda dose aos grupos que tomaram a vacina em janeiro. A vacinação contra o coronavírus em São Paulo começou no dia 17 de janeiro, logo após a aprovação emergencial da Anvisa. Até o início da tarde desta quarta, pouco mais de 1 milhão de pessoas já tinham sido vacinadas em todo o estado.

De acordo com o governo do estado, assim que o Ministério da Saúde assegurar novos repasses de vacina, as próximas etapas do cronograma e respectivos públicos-alvo da campanha de vacinação contra a Covid-19 serão divulgados.

Vacinação versus novos casos

Doria disse também que o ritmo de vacinação no estado de São Paulo é quatro vezes superior ao de confirmação de novos casos da doença.

“Desde o dia 17 de janeiro, quando iniciamos a campanha de vacinação, mais de 1 milhão e 50 mil pessoas foram vacinadas no Estado de São Paulo. Nesse mesmo período, entre 17 de janeiro e hoje, 260 mil novos casos de coronavírus foram registrados em São Paulo”, disse Doria.

A perspectiva é que este ritmo aumente mediante a disponibilidade de novas remessas de vacinas do Ministério da Saúde.

Continua após a publicidade
Publicidade