Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

SP antecipa em 2 semanas a vacinação de todas as pessoas acima de 18 anos

O novo calendário prevê que todos os adultos recebam a primeira dose de imunizante contra a Covid-19 até 18 de outubro

Por Mariana Rosário Atualizado em 9 jun 2021, 13h41 - Publicado em 9 jun 2021, 13h06

O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira, 9, que antecipará a vacinação de Covid-19 de todos os grupos acima de 18 anos. No começo do mês, Doria afirmou que todas as pessoas maiores de idade seriam vacinadas até 31 de outubro. Agora, a gestão estadual prevê que toda a população acima de 18 anos receberá a primeira dose até 18 de outubro.

No mesmo anúncio  ficou definido que será antecipada a vacinação de 363.000 profissionais da educação básica, de 18 a 44 anos, para esta sexta-feira, 11. Antes disso, pessoas com deficiência permanente, e idades entre 18 e 59 anos, iniciam a vacinação no dia 10 de junho, assim como as gestantes e puérperas sem comorbidades acima dos 18 anos.

O cronograma seguindo as faixas etárias (veja abaixo) está baseado em previsões de disponibilidade oferecidas pelo Ministério da Saúde, diz o documento oferecido pela gestão estadual.

Para os grupos por faixa etária, a vacinação está prevista para ocorrer da seguinte maneira:

— 16 de junho a 8 de julho: 55 a 59 anos

— 9 a 19 de julho: 54 anos

— 20 de julho a 3 de agosto: 50 a 53 anos.

Continua após a publicidade

–  4 a 18 de agosto: 45 a 49 anos

– 19 a 28 de agosto: 40 a 44 anos

— 29 de agosto a 7 de setembro: 35 a 39 anos

— 8 a 17 de setembro: 30 a 34 anos

– 18 a 27 de setembro: 25 a 29 anos

– 28 de setembro a 18 de outubro: 18 a 24 anos

Plano São Paulo

O governo de São Paulo também estendeu até o próximo dia 30 a chamada “fase de transição” do Plano São Paulo, que orienta a quarentena em todo o estado. De acordo com a regra, atividades comerciais podem funcionar das 6h às 21h, assim como restaurantes e seus similares, salões de beleza e barbearias, atividades culturais e academias de esporte. Os cultos e celebrações religiosas seguem permitidos de maneira individual e coletiva.

Continua após a publicidade
Publicidade