Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

CFM autoriza redução da idade para cirurgia de transição de gênero

Nova regra do Conselho Federal de Medicina diminuiu de 18 para 16 anos a idade mínima para o início de terapias hormonais. Cirurgia, a partir dos 18 anos

Por Da redação - Atualizado em 9 jan 2020, 16h23 - Publicado em 9 jan 2020, 16h18

Resolução publicada hoje pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) no Diário Oficial da União ampliou o acesso à cirurgia e também ao atendimento básico para transgêneros.

A portaria reduziu de 18 anos para 16 anos a idade mínima para o início de terapias hormonais e definiu regras para o uso de medicamentos para o bloqueio da puberdade.

Os procedimentos cirúrgicos envolvendo transição de gênero, antes vetados para menores de 21 anos, agora estão autorizados para os 18 anos.

A portaria também estabelece que crianças ou adolescentes transgêneros devem receber tratamento de equipe multiprofissional e interdisciplinar sem nenhuma intervenção hormonal ou cirúrgica. E prevê o acompanhamento aos familiares dos pacientes trans, com autorização expressa do transgênero.

Publicidade

O Sistema Único de Saúde (SUS) irá avaliar se incorpora as mudanças.

Publicidade