Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Quem come abacate se alimenta melhor, diz estudo

Pessoas que consomem a fruta todos os dias parecem ingerir também maiores quantidades de nutrientes, como fibras e vitaminas, e apresentam melhores indicadores de saúde em comparação com quem nunca come abacate

Pessoas que têm o costume de consumir abacate todos os dias tendem a alimentar-se, de maneira geral, melhor do que aquelas que nunca comem a fruta. Isso porque, de acordo com um estudo da Nutrition Impact, uma consultoria americana especializada em alimentação e nutrição, o hábito eleva a probabilidade de um indivíduo ingerir mais nutrientes, como fibras e vitaminas. Com isso, aumenta a chance de essa pessoa ter peso, índice de massa corporal (IMC) e circunferência abdominal menores. A pesquisa foi publicada neste mês no periódico Nutrition Journal.

Conheça a pesquisa

TÍTULO ORIGINAL: Avocado consumption is associated with better diet quality and nutrient intake, and lower metabolic syndrome risk in US adults: results from the National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES) 2001-2008

ONDE FOI DIVULGADA: periódico Nutrition Journal

QUEM FEZ: Victor L Fulgoni, Mark Dreher e Adrienne Davenport

INSTITUIÇÃO: Nutrition Impact

RESULTADO: Pessoas que comem abacate todos os dias, em comparação com quem não consome a fruta, ingerem 48% mais vitamina K, 36% mais fibras, 23% mais vitamina E, 16% mais potássio e 13% mais magnésio em um dia. Elas também pesam, em média, 3,5 quilos a menos e têm a circunferência abdominal, em média, quatro centímetros menor. Esses indivíduos podem ter um risco até 50% menor de síndrome metabólica.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores se basearam nos dados de 17.567 pessoas com mais de 19 anos que participaram do Levantamento e Exame de Saúde e Nutrição Nacional (NHANES, na sigla em inglês) dos Estados Unidos. A equipe olhou para a diferença dos hábitos alimentares entre pessoas que consumiam e aquelas que nunca comiam abacate.

Leia também:

Comer frutas e legumes deixa jovens mais calmos e felizes

Frutas e verduras melhoram também a saúde mental

Dos participantes da pesquisa, 347 consumiam abacate, em qualquer quantidade, ao menos uma vez por dia. A média do consumo diário dessas pessoas era de meio abacate de tamanho médio (cerca de 5,5 gramas). Esses indivíduos, em comparação com aqueles que nunca comiam a fruta, consumiam, em média, a mesma quantidade de calorias totais em um dia. No entanto, eles ingeriam mais nutrientes essenciais para uma boa saúde – 48% mais vitamina K, 36% mais fibras, 23% mais vitamina E, 16% mais potássio e 13% mais magnésio em um dia.

O estudo também observou que os indivíduos que comiam abacate todos os dias, em média, pesavam 3,5 quilos a menos e tinham uma circunferência abdominal quatro centímetros menor do que a das pessoas que não consumiam a fruta. Eles também apresentavam níveis maiores de HDL, o colesterol “bom”, no sangue.

Síndrome metabólica – A partir desses benefícios associados ao hábito de comer abacate diariamente, os pesquisadores concluíram que o consumo da fruta pode reduzir o risco de síndrome metabólica em até 50%. Essa síndrome acontece quando uma pessoa apresenta três ou mais das seguintes características: hipertensão, açúcar elevado no sangue, excesso de gordura abdominal, baixo nível de bom colesterol e índices elevados de ácidos graxos. A condição predispõe às doenças cardiovasculares, ao diabetes e, quando as doenças ocorrem associadamente, à morte prematura.

“Esses resultados sugerem uma associação interessante entre o consumo de abacate e uma melhor nutrição e boa saúde”, diz Victor Fulgoni, coordenador do estudo. Segundo o pesquisador, novos estudos sobre a fruta e sua contribuição à saúde cardiovascular já estão em andamento e devem aprofundar os conhecimentos em relação ao alimento.