Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Quatro em cada cinco homens com câncer de cabeça ou pescoço são fumantes

Dado faz parte de estudo do Icesp. Doença, que pode incluir tumores na boca, laringe ou faringe, acomete principalmente pacientes do sexo masculino

Pouco mais de quatro em cada cinco homens (83%) atingidos por um câncer localizado na cabeça ou pescoço – como na boca, faringe ou laringe – são fumantes, revelou um levantamento feito pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) divulgado nesta sexta-feira. De acordo com o órgão, 75% dos casos desses tumores acometem o público masculino, principalmente os pacientes acima de 50 anos.

O estudo ainda mostrou que, entre os homens que recebem tratamento no Icesp contra câncer de cabeça ou pescoço, 60% apresentam tumores localizados na boca e os outros 40%, na faringe ou laringe.

Leia também:

Dez passos para parar de fumar​

HPV pode aumentar riscos de câncer de cabeça e pescoço

Café pode reduzir pela metade o risco de morte por câncer de boca ou faringe​

Segundo Marco Aurélio Kulcsar, chefe da Clínica da Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Icesp, além do tabagismo, o consumo excessivo de álcool é um importante fator de risco desses tipos de câncer. “Quase 60% dos nossos pacientes com essas doenças são etilistas (bebem exageradamente)”, diz.

Kulscar explica que, embora a detecção precoce de cânceres de cabeça e pescoço seja possível, é comum que os sintomas passem despercebidos pelos pacientes. Por isso, é importante ficar atento a sinais como manchas brancas na boca, nódulos no pescoço, mudanças persistentes na voz e dificuldades para engolir. Além disso, não fumar, não exagerar na bebida alcoólica e evitar alimentos gordurosos ajuda a evitar a doença.