Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Proteína presente na banana pode prevenir transmissão sexual do HIV

Cientistas querem produzir gel à base da proteína para uso nos órgãos genitais

Por Da Redação 1 set 2010, 13h11

Os cientistas informam, no entanto, que vai demorar para que o uso clínico do BanLec seja viável

Famosa por suas propriedades nutritivas, a banana agora se tornou uma arma potente na prevenção da AIDS. Um estudo americano da Escola de Medicina de Michigan, nos EUA, descobriu que a lectina BanLEc, presente na fruta, é um inibidor natural do HIV, o vírus transmissor da doença. A banana, portanto pode ajudar a prevenir a transmissão sexual do vírus.

A pesquisa publicada na revista Journal of Biological Chemistry explica que o BanLec bloqueia a ação do vírus HIV antes que ele possa se fixar às células sanguíneas. As lectinas como a BanLec têm despertado interesse cada vez maior dos pesquisadores justamente por serem uma classe de proteína que se liga a carboidratos e é capaz de identificar invasores. Dessa forma, quando um vírus aparece, ela pode ligar-se a ele impedindo a propagação de infecções.

No caso do vírus HIV, a BanLec pode ligar-se à cobertura rica em carboidratos do vírus e bloquear sua propagação no corpo humano oferecendo uma proteção mais ampla. Outra vantagem da proteína da banana e que ela poderá deixar o tratamento mais barato do que os atuais coquetéis anti-AIDS.

O uso de um microbicida – produto que destrói os micróbios – à base de BanLec em forma de gel ou creme a ser espalhado nos órgãos sexuais masculino ou feminino, pode ser um grande ganho no combate à disseminação da AIDS. Os cientistas informam no entanto que vai demorar um pouco para que o uso clínico do BanLec seja possível.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade

Publicidade