Clique e assine a partir de 9,90/mês

Primeira infectada pelo ebola nos EUA está curada

Nina Pham, enfermeira de 26 anos que ajudou a tratar um paciente com a doença no Texas, estava internada desde o dia 10 de outubro

Por Da Redação - 24 Oct 2014, 14h29

A enfermeira Nina Pham, 26 anos, primeira pessoa infectada pelo ebola nos Estados Unidos, está curada da doença, anunciaram autoridades americanas de saúde do país nesta sexta-feira. “Me sinto feliz e abençoada por estar aqui hoje”, disse ela, em entrevista coletiva concedida após receber a notícia, em Maryland.

Nina fez parte da equipe que atendeu Thomas Eric Duncan, paciente liberiano diagnosticado com ebola no Hospital Presbiteriano de Dallas, no Texas, morto em 8 de outubro. Ela foi internada nesse mesmo hospital no dia 10 com sintomas do vírus e recebeu a confirmação do diagnóstico da doença após dois dias. Na última semana, a enfermeira foi transferida para uma unidade de isolamento do Instituto Nacional de Saúde em Bathesda, no Estado de Maryland.

Leia também:

Exame mostra que cão de enfermeira americana não tem ebola

Continua após a publicidade

Enfermeira com ebola nos EUA recebe sangue de sobrevivente

Outra enfermeira que participou do tratamento de Duncan também foi diagnosticada com ebola: Amber Vinson, de 29 anos. Nesta semana, sua família disse que ela também conseguiu combater a infecção.

Nova York – Autoridades de saúde dos Estados Unidos confirmaram na noite desta quinta-feira o primeiro caso de diagnóstico do ebola em Nova York. Trata-se do médio americano Carig Spencer, que voltou recentemente da Guiné, um dos países afetados pela atual epidemia da doença. Ele trabalhava para a organização Médicos Sem Fronteiras (MSF).

Publicidade