Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Portugal libera a entrada de turistas brasileiros

A única exigência é a apresentação de resultados negativos dos testes RT-PCR e do exame rápido de antígeno

Por Cilene Pereira Atualizado em 2 set 2021, 20h48 - Publicado em 1 set 2021, 12h44

A partir de hoje, Portugal liberou a entrada de brasileiros para viagens não essenciais. A única exigência para o turista é a apresentação de resultado negativo em exame RT-PCR realizado 72 horas antes do embarque ou de teste rápido de antígeno negativo feito com 48 horas de antecedência. Crianças menores de 12 anos não precisam apresentar os exames. O país europeu não pedirá atestado de vacinação nem obrigará o viajante a ficar em quarentena durante 14 dias após a chegada em solo português.

LEIA TAMBÉM: As 10 práticas essenciais para combater a pandemia de Covid-19

A mudança de conduta em relação aos turistas brasileiros está oficializada no site Visit Portugal, órgão oficial de promoção de turismo da União Europeia cuja lista das nações com restrição de entrada foi atualizada ontem. As condições impostas aos brasileiros são as mesmas colocadas aos viajantes de países da União Europeia, do espaço Schengen (nações da Europa que permitem a livre circulação entre si de pessoas, bens, serviços e valores), dos Estados Unidos, do Canadá e do Japão. O despacho permitindo a entrada de pessoas oriundas do Brasil tem validade até 16 de setembro. Depois desta data, as condições podem mudar dependendo da evolução da pandemia.

Até agora, 30 países europeus aceitam a entrada de brasileiros. Entre eles, estão Espanha, Alemanha, França e Suíça. Nesses casos, é preciso apresentar o comprovante de esquema de vacinação completo (duas doses ou dose única se tiver sido imunizado com a vacina da Janssen).

 

Continua após a publicidade
Publicidade