Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Plano de imunização prevê vacinação contra Covid-19 em quatro fases

Idosos e profissionais de saúde serão os primeiros da fila, segundo esboço do planejamento do Ministério da Saúde

Por Gabriel Mascarenhas Atualizado em 2 dez 2020, 12h41 - Publicado em 1 dez 2020, 18h03

O Plano de Imunização do Ministério da Saúde, em fase final de elaboração, prevê que a vacinação contra a Covid-19 ocorrerá em quatro etapas.

Quando surgir o imunizante, as primeiras doses serão aplicadas nos grupos de maior risco: profissionais de saúde; idosos com mais 75 anos; cidadãos com 60 anos ou mais que moram em asilos e instituições psiquiátricas, por exemplo, além da população indígena.

Depois, serão vacinados brasileiros na faixa entre 60 e 74 anos; em seguida, na fase seguinte, recebem a imunização as pessoas que têm comorbidades como doenças renais e cardiovasculares.

Na quarta e última fase, de acordo com o esboço do plano, serão contemplados os professores, profissionais de segurança e presidiários.

A previsão do ministério é que, ao fim desses quatro degraus, cerca de 110 milhões de brasileiros tenham recebido duas doses de vacina.

No mês passado, a pasta já ofereceu treinamentos para as secretarias municipais e estaduais de Saúde na tentativa de agilizar o processo de vacinação quando ele acontecer.

Nesses workshops os servidores da pasta transmitiram conhecimentos sobre técnicas de manuseio e de armazenamento dos imunizantes. O Brasil dispõe hoje de 38 000 salas de vacinação. Todas devem ser usadas na aplicação do produto anti-coronavírus.

Nesta terça-feira, 1º o Brasil teve médias móveis em 38.297 diagnósticos positivos e 528,9 mortes por conta do novo coronavírus.

Continua após a publicidade
Publicidade