Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Pfizer pede à Anvisa inclusão de 6 meses a 4 anos em vacina contra Covid

Agência informou que o prazo inicial de análise é de 30 dias e vai começar a ser contado a partir da próxima segunda-feira, 1º de agosto

Por Paula Felix Atualizado em 29 jul 2022, 20h52 - Publicado em 29 jul 2022, 20h03

A farmacêutica Pfizer solicitou nesta sexta-feira, 29, a autorização para incluir a faixa de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias na bula de seu imunizante contra a Covid-19 à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A agência liberou a vacina para a população de 5 a 11 anos em dezembro do ano passado.

Nos Estados Unidos, a agência reguladora norte-americana Food and Drug Administration (FDA) liberou o imunizante para esta faixa etária em 17 de junho e a vacinação teve início no dia 21.

Em nota, a Anvisa informou que o prazo inicial de análise é de 30 dias e vai começar a ser contado a partir da próxima segunda-feira, 1º de agosto. “O prazo pode ser alterado na ocorrência de apresentação de exigência, que é quando a Anvisa identifica a necessidades de complementação de dados e informações pelo laboratório.”

A Pfizer divulgou, em maio deste ano, que estudos iniciais com crianças de 6 meses e menores de 5 anos apontaram que a vacina é segura e o esquema com três doses tem eficácia de 80,3% contra a doença. O teste foi realizado durante a circulação da variante de preocupação ômicron, dominante no mundo.

A farmacêutica indica que esta população receba doses de 3 µg, que corresponde a um décimo da dose para adultos. Segundo a Pfizer, o imunizante para a faixa de 6 meses a menos de 5 anos terá tampa na cor vinho. O objetivo é diferenciá-la da vacina pediátrica para o público de 5 a 11 anos (tampa laranja) e da versão para a população acima de 12 anos (tampa roxa).

“Sabemos que a Covid-19 impacta também as crianças menores, inclusive com a possibilidade de evolução para doença grave”, destacou Adriana Ribeiro Polycarpo, diretora médica da Pfizer Brasil.

Abaixo, os números da vacinação no Brasil:

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)