Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Pfizer inicia testes com antiviral contra Covid-19 com crianças

Estudo da farmacêutica terá como foco público de 6 a 17 anos com risco de evoluir para formas graves da doença

Por Paula Felix Atualizado em 9 mar 2022, 21h05 - Publicado em 9 mar 2022, 20h51

A farmacêutica Pfizer anunciou nesta quarta-feira, 9, que iniciou um estudo de fase 2/3 para verificar a segurança e eficácia do antiviral Paxlovid, indicado para o tratamento de casos de Covid-19, com crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. Os testes serão realizados com pacientes pediátricos com risco de evoluir para episódios graves da doença.

Serão 140 participantes com menos de 18 anos divididos em dois grupos: um de 6 a 17 anos pesando pelo menos 40 kg e outro pesando mais de 20 kg e menos de 40 kg. Atualmente, o medicamento é autorizado em países como o Reino Unido e os Estados Unidos, onde há liberação para administração em pacientes com mais de 12 anos que pesem, ao menos, 40 kg. A Pfizer informou ainda que está trabalhando em uma formulação para três grupos adicionais com menos de 6 anos.

No Brasil, o medicamento aguarda liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que recebeu o pedido de autorização de uso emergencial da farmacêutica no mês passado.

O antiviral oral deve ser tomado no início da infecção e estudos realizados pela farmacêutica com adultos apontaram que o remédio é capaz de reduzir os riscos de internação e morte em 89%.

“Desde o início da pandemia, mais de 11 milhões de crianças menores de 18 anos só nos Estados Unidos testaram positivo para Covid-19, representando quase 18% dos casos relatados e levando a mais de 100 mil internações hospitalares. Há uma necessidade significativa não atendida de tratamentos ambulatoriais que podem ser feitos por crianças e adolescentes para ajudar a prevenir a progressão para doenças graves, incluindo hospitalização ou morte”, disse, em comunicado, Mikael Dolsten, diretor científico e presidente de Pesquisa, Desenvolvimento e Medicina Mundial da Pfizer.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)