Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Otimismo melhora desempenho físico de idosos

Estudo mostrou que pessoas acima de 60 anos que encaram a vida de forma mais positiva têm menos problemas para realizar atividades do dia-a-dia

Cultivar sentimentos positivos é uma das formas de garantir boa saúde – e diversos estudos já provaram isso. Agora, uma pesquisa britânica mostra que o otimismo está ligado a um envelhecimento mais saudável: segundo o estudo, idosos que encaram a vida de forma positiva têm um desempenho físico em atividades diárias, como andar e se vestir, melhor do que aquelas que costumam ser mais pessimistas.

Essas conclusões foram publicadas na edição desta semana do periódico Canadian Medical Association Journal (CMAJ).

Leia também:

Sentimentos positivos podem reduzir risco de doenças cardiovasculares

Visão positiva da velhice melhora a saúde de idosos

Participaram do estudo 3.200 pessoas com mais de 60 anos. Elas foram orientadas a dizer o quão se identificavam com afirmações como “eu gosto das coisas que eu faço”, “eu gosto de estar na companhia de outras pessoas” e “eu me sinto cheio de energia durante o dia”. Os pesquisadores também avaliaram o desempenho físico dos voluntários em atividades do dia a dia, como caminhar, tomar banho e se vestir.

Segundo as conclusões, os participantes que demonstraram estar menos satisfeitos com suas vidas foram até três vezes mais propensos a ter problemas em realizar essas atividades. “O nosso estudo fornece ainda mais evidências de que bons sentimentos são relevantes para o desempenho físico e a mobilidade na velhice”, diz Andrew Steptoe, pesquisador da Universidade College London, na Grã-Bretanha, e coordenador do estudo.