Clique e assine a partir de 9,90/mês

Orlando Bloom visita comunidades afetadas pelo ebola na Libéria

Ator é a primeira personalidade que viaja ao país desde o início da epidemia

Por Da Redação - 23 mar 2015, 20h03

O ator Orlando Bloom, que também é embaixador da boa vontade da Unicef, concluiu nesta segunda-feira uma visita de quatro dias à Libéria, um dos três países mais afetados pelo ebola, ao lado de Guiné e Serra Leoa. Bloom se reuniu com representantes de movimentos sociais e educativos que se destacaram na luta contra a epidemia.

Primeira personalidade que viaja ao país desde o início da epidemia, o ator visitou uma comunidade afetada pela doença na fronteira com Serra Leoa. No local, conheceu os protocolos de segurança introduzidos para a reabertura das escolas, que permaneceram fechadas por sete meses.

Leia também:

Casos de sarampo poderão dobrar em países afetados pelo ebola

Continua após a publicidade

Ebola infectou uma em cada cinco crianças, diz Unicef

Com apoio da Unicef, esses protocolos reduziram os riscos de transmissão da doença. Eles incluem a medição da temperatura corporal das crianças na chegada à escola e o controle da higiene dos alunos, como a exigência de lavar as mãos antes de entrar na sala de aula.

“Por causa do surto, a educação de 1 milhão de crianças na Libéria foi interrompida no meio do curso. Os alunos estão felizes em voltar às salas de aula, mas as precauções diárias que todos devem tomar são uma lembrança da necessidade de não baixar a guarda”, disse o ator, em comunicado.

A epidemia de ebola na África Ocidental, cuja notificação oficial completa um ano nesta segunda-feira, infectou mais de 24 000 pessoas, entre elas 5 000 crianças, e deixou mais de 10 000 mortos.

Continua após a publicidade

(Com EFE)

Publicidade