Clique e assine a partir de 8,90/mês

O que é beber moderadamente, afinal?

O cirurgião de fígado e do aparelho digestivo Ben-Hur Ferraz Neto, professor livre-docente da USP, aponta os limites do consumo de álcool

Por Adriana Dias Lopes - Atualizado em 10 dez 2018, 09h25 - Publicado em 1 jul 2017, 18h36

A cada ano, morrem no mundo 3 milhões de pessoas por fatores decorrentes do uso excessivo do álcool, como acidentes de carro, cânceres, problemas cardíacos, suicídio, por exemplo. Isso representa um óbito a cada 10 segundos. Mas existe o consumo saudável? O cirurgião de fígado e do aparelho digestivo Ben-Hur Ferraz Neto, professor livre-docente da USP e colaborador do blog Letra de Médico, de VEJA, ensina que sim. O limite seguro à saúde, tanto de homens como mulheres saudáveis, é a ingestão de 14 unidades por semana. Na prática, isso representa nove chopes de 300 mililitros por semana (1,5 chopp por dia) ou seis taças de 175 mililitros de vinho por semana (equivalente a ½ lata de refrigerante ao dia) ou 14 doses de 25 mililitros de destilados por semana (½ xícara de café de destilado por dia). Há uma exceção: as gestantes. “Qualquer quantidade de bebidas alcoólicas durante a gravidez traz efeitos comprovados e gravíssimos ao desenvolvimento do feto”. Confira no vídeo abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=jQFtARHaLZw

Publicidade